Ir para conteúdo 1 Ir para menu 2 Ir para busca 3 Ir para rodapé 4 Acessibilidade 5 Alto contraste 6

---

  • ?
  • ?

---

  • ?
  • ?


Assinada a ordem de serviço para a retomada das obras na Serra do Faxinal

Publicado em 05/08/2022 às 09:50 - Atualizado em 05/08/2022 às 09:51

O Prefeito Elisandro (Fanica), o Vice-Prefeito Rodrigo Mariani e o Secretário de Estado da Infraestrutura e Mobilidade, tenente-coronel Thiago Vieira, assinaram nesta quarta-feira (03/08), a ordem de serviço para a retomada das obras de pavimentação da Serra do Faxinal - Rodovia Pref. Ari Pedro Borges, SC-290.

 

Com investimento de R$ 66 milhões, o trecho de 15 quilômetros da SC-290 liga Praia Grande à divisa com o Rio Grande do Sul. Em agosto de 2020 foi assinado o edital de licitação da obra, restando como pendência o licenciamento ambiental que foi liberado nas últimas semanas.

 

“É a realização de um sonho cultivado há mais de 30 anos. A pavimentação da Serra será um divisor de águas para o desenvolvimento de Praia Grande e todo extremo sul. Além de uma importante ligação entre serra e mar, a rodovia vai trazer mobilidade e segurança viária, fortalecendo a atividade turística e contribuindo para o escoamento da produção agrícola e industrial”, comemora o Prefeito de Praia Grande, Elisandro Fanica.

 

"Teremos uma vista linda durante a subida da Serra do Faxinal, uma rota cênica onde você pode ver a planície costeira, o Vale do Rio do Boi, a comunidade Vila Rosa, o canyon Índios Coroados, até chegar ao topo da Serra e encontrar com o Pampa Gaúcho, aquela beleza que é linda, totalmente diferente, além da nossa Mata Atlântica tropical. Com toda a segurança viária, proporcionada com uma obra na qual estamos tomando todos os cuidados necessários respeitando a natureza”, destaca Vieira.

 

A rodovia fica entre dois parques nacionais de atrativos naturais exuberantes: de um lado, o Parque Nacional Aparados da Serra e de outro o Parque Nacional Serra Geral. Justamente por isso, estão previstos acompanhamento e controle da fauna durante toda a execução da obra e por 27 meses após a conclusão. Um dos trechos contará com um viaduto, para evitar corte de vegetação e desestabilização das encostas.

 

A via contará, ainda, com equipamentos de proteção aos animais silvestres do entorno, como os chamados passa-fauna, que consistem em passarelas e túneis para a travessia da pista. Também estão previstas obras de contenção, iluminação, terraplanagem, sarjetas e outros serviços.

 

A empresa responsável pela obra é a Fraga Construções e Engenharia, assumindo o prazo de 27 meses para a conclusão da obra após o ato realizado nesta quarta-feira.


Galeria de Fotos

  • {{galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
  • {{galeriaMultimidia.length + galeriaImagens.length + galeriaVideos.length - 12}}
Fechar